Tráfego Pago: Guia completo para iniciantes em 2024

Tráfego Pago: Guia completo para iniciantes em 2024

O tráfego pago é uma das estratégias mais poderosas e revolucionárias que surgiu junto à internet nos últimos anos.

Anúncio

O ato de criar anúncios online tem transformado rapidamente a vida de milhares de pessoas e empresas que aplicam corretamente essa estratégia.

O que antes era exclusivo e reservado a grandes marcas e anunciantes, que precisavam investir centenas de milhares de reais ou até milhões em canais como televisão e rádio, agora está acessível a todos.

Desde o estudante ou o artista que deseja promover suas habilidades e ideias, até empresas e empreendedores que desejam aumentar suas vendas, reconhecimento ou alcance, agora todos podem alcançar milhares de pessoas por dia e alavancar suas vendas, seu networking ou qual objetivo for, graças ao tráfego pago.

Por isso, para que você consiga entender de forma simples e completa, e aplicar em suas estratégias o quanto antes, resolvemos trazer um guia detalhado sobre o que é o tráfego pago e como funciona. Afinal, ainda estamos no começo dessa era digital e como diz aquele ditado: “quem chega primeiro bebe água limpa”. Confira a seguir:

O que é o tráfego pago e como funciona?

Tráfego pago é o termo criado no marketing digital para o ato de criar anúncios online e investir em sua veiculação, de forma que eles apareçam para outras pessoas e gerem vendas, cadastros, tráfego no site ou no perfil, entre outros objetivos possíveis.

Ou seja, você paga para gerar tráfego de forma online para um determinado local, é assim que o tráfego pago funciona. Daí a expressão.

Essa é uma forma extremamente valiosa de publicidade online, onde você aparece para as pessoas certas, na hora certa e, o principal, nos aparelhos que elas mais prestam atenção hoje em dia, o celular e o computador!

Além disso, você tem total controle para quem os seus anúncios vão ser mostrados, em qual tópico ou assunto relacionado quer aparecer, em que horário específico, plataforma e quanto você está disposto a investir por dia (podendo começar com valores a partir de R$5,00 por dia, e pausar a qualquer momento).

Todas essas opções lhe dão um poder de análise e decisão muito grande e, consequentemente, ótimos resultados, tornando essa uma estratégia poderosa e acessível a todos que queiram entender e aplicar.

Qual a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico?

Como vimos, no tráfego pago você paga para que seus anúncios apareçam para as pessoas certas, na hora certa e nos dispositivos escolhidos.

Já o tráfego orgânico é um tráfego gerado que não depende diretamente de investimento em publicidade ou anúncios.

Alguns exemplos de estratégias de tráfego orgânico é a produção de conteúdo em redes sociais e blogs e o SEO (Search Engine Optimization – otimização para motores de busca) que são técnicas para bom posicionamento na pesquisa do Google, Bing, etc, para aquisição de tráfego.

Repare que não utilizamos a palavra gratuito em nossa diferenciação. Isso porque o tráfego orgânico, ao contrário do que muitos pensam, não é gratuito. É necessário investimento em outros locais para que esse tráfego seja gerado, mesmo que seja um investimento de tempo. #ficaadica

A boa notícia é que com o tráfego pago você consegue gerar tráfego de forma imediata para suas campanhas, posts, perfis ou site, podendo já ter resultados no dia seguinte.

Enquanto no tráfego orgânico os resultados tendem a ser de médio a longo prazo, por depender de uma construção de audiência e público, e você tem menos controle sobre o tráfego gerado.

É caro anunciar no tráfego pago?

A pergunta que todo iniciante se faz é exatamente essa: quanto custa anunciar no tráfego pago?

E nós já adiantamos que não é caro e nem exige nenhum comprometimento de investimento. Ou seja, você investe quanto você pode investir, por quanto tempo der e para quando quiser também./

O investimento mínimo necessário nas principais plataformas de anúncios, como o Google Ads e a Meta Ads, por exemplo, é de aproximadamente R$5,00 por dia, e já é possível conseguir de 1 a 50 cliques por dia no anúncio com esse valor, dependendo da performance e interesse das pessoas.

Como investir no tráfego pago?

A forma que você distribui o seu investimento e orçamento diário no tráfego pago, pode estar ligada diretamente aos resultados obtidos.

Isso porque, anunciar o valor mínimo por dia, apesar de parecer uma decisão econômica, pode gerar poucos dados e cliques e acabar saindo caro no médio prazo, sem gerar muitos ou nenhum resultado.

Então, por exemplo, se você tem 150 reais disponíveis para anúncios, nossa recomendação, é que ao invés de investir esses 150 reais em 30 dias (5 reais por dia), que é o mais natural, indicamos investir pelo menos 10 reais por 15 dias ou até 20 reais por 7 dias, com o mesmo valor.

Dessa maneira, ao investir pelo menos 10, 20 reais por dia, você obtém mais cliques diários, mais chances de vender, as plataformas entendem melhor o seu público e você tem mais dados para tomar decisões.

Claro que, se for a sua primeira vez, é válido sim criar uma campanha com o mínimo só para ver como funciona, se está tudo certo e se familiarizar com a ferramenta. Mas assim que estiver pensando em resultados, tenha em mente essa nossa dica e faça seus testes.

Lembre-se que você não precisa anunciar aquele valor diário o mês inteiro. No início, dificilmente suas campanhas ficarão rodando durante os 30 dias e se estiverem, é porque estão dando retorno, ou pelo menos se pagando. Então, tenha mais flexibilidade e liberdade de escolha, para realizar testes diferentes.

E mesmo que você tenha mais dinheiro disponível, 20 reais por dia em cada campanha continua de bom tamanho para começar seus testes, sem precisar mais do que isso inicialmente.

O que eu preciso para começar no tráfego pago?

Para começar no tráfego pago, não há nenhum grande pré-requisito ou limitação, sendo possível para todos que desejam se cadastrar e começar, seguindo as políticas e regras de cada plataforma.

Como tudo na vida, exigirá uma curva de aprendizado, onde no começo as coisas podem parecer um pouco difíceis e enroladas, mas com o tempo e a prática tudo vai clareando e fazendo mais sentido no seu dia a dia.

O próprio Google e a Meta Ads possuem cursos gratuitos e diversos tutoriais, com dicas e boas práticas para começar a anunciar online.

Apesar de não ser extremamente necessário, é altamente recomendado ter um site para direcionar as pessoas que clicarem em seus anúncios em busca de informações.

Caso você não tenha um site e nem queira fazer um, você também pode direcionar as pessoas para o seu Whatsapp ao invés do site.

A partir disso, basta se cadastrar nas plataformas de anúncios online, criar sua conta, cadastrar suas informações bancárias e criar seu primeiro anúncio.

Você pode pagar tanto por cartão quanto por boleto seus anúncios, mas com boleto você precisa pagar antes de veicular os seus anúncios. Já no cartão, é cobrado conforme o gasto, após a veiculação.

Quais são as melhores plataformas para tráfego pago?

Existem muitas plataformas confiáveis e conhecidas para tráfego pago disponíveis atualmente, como o Google Ads, Meta Ads, Tik Tok Ads, Pinterest Ads, etc.

Mas, para remover o excesso de informações da sua cabeça, para a grande maioria das pessoas, principalmente para os iniciantes, o Google Ads e a Meta Ads são mais do que suficientes para ir bem longe, bem longe mesmo! E indicamos apenas uma para começar e focar até ter os primeiros resultados.

Confira a seguir mais detalhes de cada uma:

Google Ads

O Google Ads é a plataforma para criação e veiculação de anúncios online através dos produtos e parceiros do Google. No Google Ads você consegue veicular anúncios por texto, fotos e vídeos no Youtube, na rede de pesquisa do Google, em sites e blogs, entre outros.

Saiba mais detalhes e veja passo a passo como criar anúncios no Google Ads.

Meta Ads

A Meta Ads, antigo Facebook Ads, é a plataforma de criação de anúncios do Facebook… quer dizer, da Meta. Nessa plataforma, você consegue veicular anúncios de imagem e vídeos tanto no Facebook, como no Instagram.

Saiba mais detalhes e veja passo a passo como criar anúncios na Meta Ads.

  • Pode lhe interessar: Google Ads e Meta Ads: Qual a diferença entre as duas?

Por que o tráfego pago dá tanto resultado?

O tráfego pago dá tanto resultado por conta de alguns fatores, como:

  • capacidade de segmentação e comunicação específica
  • Anúncios aparecem direto no celular das pessoas, que é onde está a maior parte da atenção delas
  • Testes possíveis com pouco orçamento
  • Pixel (já explicamos)
  • Entre outros

Mas um dos mais importantes dessa lista é o pixel. Se você ainda não ouviu falar, vai ouvir em breve e já vamos explicar abaixo do que se trata.

O que é o pixel no tráfego pago?

No tráfego pago, existe uma ferramenta extremamente poderosa e valiosa que se chama Pixel.

O pixel é um algoritmo individual de cada plataforma, como Google Ads e a Meta Ads, que tem o objetivo de marcar e identificar todas as pessoas nas redes sociais e na internet, e separá-las por seus interesses.

Não só separá-las, mas o pixel também consegue correlacionar os interesses das pessoas e montar grupos de pessoas com os mesmos interesses e características demográficas, para que possamos criar anúncios específicos e direcionados para cada grupo, com uma comunicação mais assertiva.

Além disso, o pixel também consegue identificar as pessoas que tiveram contato com seu anúncio, site e redes sociais, e disponibilizar em um banco de dados para você poder contactá-las novamente.

Claro que o anunciante não tem acesso aos dados de cada usuário e nem é possível contactá-las individualmente, mas você tem a possibilidade criar um anúncio para quem já viu determinado vídeo ou visitou determinada página do seu site.

Agora, caso não tenha ficado claro essa vantagem, vamos lá… quem tem mais probabilidade de comprar um produto seu, uma pessoa qualquer com interesse naquele assunto navegando no Instagram ou alguém que já visitou a página daquele seu produto?

Com certeza a segunda opção, e esse é o poder que o tráfego pago lhe dá.

E, quanto mais campanhas você cria, mais pessoas interagem com seus anúncios, sites e redes sociais, mais a sua base de dados cresce, o seu pixel fica “inteligente”e você vende mais em uma espécie de efeito bola de neve.

Como começar no tráfego pago?

Se, depois de ver todas as dicas e vantagens, você ficou animado para começar no tráfego pago, saiba que quanto antes você começar, antes você aprenderá e colherá resultados.

Por isso, para lhe explicar de uma forma mais aprofundada e completa, cobrindo tudo o que gostaríamos de cobrir sobre esse assunto, criamos um guia completo para lhe ajudar nessa nova jornada, com prints e tudo mais. Confira abaixo:

  • Como começar no tráfego pago? Guia completo para iniciantes em 2024
  • Como anunciar no Google Ads (passo a passo)
  • Como anunciar no Facebook Ads (Meta Ads) – Passo a Passo

3 comentários em “Tráfego Pago: Guia completo para iniciantes em 2024”

Deixe um comentário